URGÊNCIAS DA VIDA!

É urgente a economia crescer.

Mas, urgente mesmo é viver!

 

É urgente o emprego manter.

Mas, urgente mesmo é viver!

 

É urgente estudar e aprender.

Mas, urgente mesmo é viver!

 

É urgente ir à igreja e crer.

Mas, urgente mesmo é viver!

 

É urgente ir à balada entreter!

Mas, urgente mesmo é viver!

 

É urgente sair pra conviver.

Mas, urgente mesmo é viver!

 

É urgente cada um reconhecer,

que urgente mesmo é  viver!

 

É urgente dar o braço a torcer,

que urgente mesmo é viver!

 

É urgente ouvir a ciência dizer,

que urgente mesmo é viver!

 

É urgente arte e poesia fazer,

e a urgência da vida saber ler!

 

É urgente a natureza proteger,

e a urgência da vida defender!

 

É urgente pra sempre entender:

urgente mesmo é a vida viver!

 

 

             SÉRIEPOEMAS DA 40RENTENA  

ESTEVAM MATIAZZI- 26 DE MARÇO 2021

PS1: 377 DIAS DE 40RENTENA NO BRASIL, PELA PANDEMIA DA COVID-19. 

21 comentários

  1. Urgente mesmo é viver e não pagar Pra ver contaminar e morrer… Urgente é mudar a Brasil, sem velhos políticos , cheios de manias e vícios, mudar esta velha constituição, mudar o STF , que dá plenos poderes a estes políticos que chega a beira da escresofenia do poder dominador pondo de lado a ėtica e compromisso com povo brasileiro. Urgente mudar em vez julgar, ter serinadade para amar. E urgente esperançar…
    Paz e bem 🙏🙏

    Curtido por 1 pessoa

    • Não são muitos que têm tido esta consciência, meu caro. Uma das leituras do tempo presentes na Filosofia de Emmanuel Lévinas, é a ideia de descontinuidade, também abordada por Eric Hobsbwaw, na qual o eu tende a viver o presente como se não tivesse acontecido nada no passado e, por isso, o eu se torna totalitário. Saber discernir o urgente nas categorias de tempo, é possível apenas para almas sensíveis, meu caro.

      Curtir

      • Questão que atravessa diretamente uma questão muito mal equacionada e sobretudo distorcida nos dias de hoje: liberdade de expressão. Há uma contínua disputa de narrativas que obscurece toda e qualquer forma de informação e por consequência chega mais rápido s ausência de discernimento, lucidez, etc. por óbvio, há outras razões, mas na veia é a disputa narrativa que destroça a informação correta é isso se reflete na crescente perda de vidas. Em outras palavras, o exercício quase pleno do totalitarismo. Aqui, apaga-se passado, presente seletivo, futuro ponto de interrogação.

        Curtido por 1 pessoa

          • Ainda não, lerei em breve. Tenho alguma bagagem filosófica e de estudo de análise/interpretação não apenas de texto mas de contextos sociais, de vida, de movimento, etc. tanto na faculdade, onde estudávamos de verdade, lia pilha de livros e os estudava, e depois tive a sorte de trabalhar na Cultura de Porto Alegre em um período em ela era realmente valorizada e pude participar de seminários com Marshall Berman, Castoriadis, Saramago, Galeano, Fukuyama, Vargas Llosa…(alguns na feira do livro) com oportunidade de entrevistar alguns em coletivas. Um assunto recorrente sempre foi a liberdade de expressão. Quem escrevo no blog sobre.

            Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s