SABER CUIDAR: A MENINA DAS BORBOLETAS

Amar, cuidar, preservar, perseverar… ‘ A menina das borboletas’, livro do escritor e artista plástico, Roberto Caldas, é uma obra cujas imagens falam por si. Há três anos o levei para a sala de aula  e as crianças me instigaram a escrever. Peço licença ao autor, para publicar a versão escrita de forma poética. Nos versos finais aproveitei trechos da música ‘Tocando em frente’ de Almir Sater.  Para entender o poema, recomendo assistir ao vídeo (apenas 2 minutos e meio). Deixo a pergunta: usei ‘Saber cuidar’ como título. Você leitor e leitora que título daria?

 

Saltitante a menina caminha: nas mãos um vaso com flor e uma pazinha

Esvoaçantes borboletas animar, passarinho alerta: ela não está sozinha

Brancas pétalas, verdes sépalas, linda margarida: senhora distraída

Carrinho passa em cima, a flor elimina: mata a nova e bela vida...

Triste a menina retorna. Passarinho olha: outra flor plantada

Borboletas companheiras: a menina está acompanhada

Um homem descuidado: novamente a flor é pisoteada

Não desista menina: mais borboletas lhe animam…

A flor está na terra, mas, menino de bicicleta

Nem percebe o passarinho que o alerta

Chorar não é solução. Mude a ação

Mais borboletas acompanharão…

Não basta apenas plantar

É preciso saber cuidar

Cercada de amor

Cultive a flor...

Irritação

É só um cão

Evite sua omissão…

Outras flores florescerão

Veja: borboletas multiplicarão

O milagre da vida precisa de tempo

A lua e as estrelas vigiarão do firmamento…

Menos pressa menina: é preciso chuva pra florir

Durma serena. Ouça a canção: é preciso paz pra sorrir

Diria o poeta: um jardim se faz pelos sonhos do jardineiro…

Mais flores precisam ser plantadas e cultivadas o tempo inteiro…

Oh, menina! Venha entre as flores dançar e com as borboletas voar… 

Aprendestes a cuidar e que na vida é preciso amor para poder pulsar…

                                                                   ESTEVAM MATIAZZI- 15 DE SETEMBRO DE 2020

 

O vídeo é um ótima pedida para quem trabalha com Ensino Fundamental I e anos iniciais do Fundamental II. 

Ps: Ao escrever pensei no formato de uma borboleta. Ainda não sei executar esta arte/design, por isso, me desculpem.

23 comentários

    • Tenho trabalhado este vídeo com crianças, algumas da idade da Júlia. Mas, ela mesma deverá ler agora que dominas o WordPress rsrsrsrsrs. Quanto à Sofia eu imagino que tenha gostado, pois, até Emmanuel com dois anos viu comigo e gostou. Foi difícil convencê-lo a sair da frente do PC rsrsrsrsrs.
      Abraços à toda família.

      Curtido por 1 pessoa

    • O poema , ao fazer o uso da função de linguagem poética, predominante,tem um caráter lúdico, de entretenimento.
      Na medida exata da delicadeza, o eu lírico aponta para a brevidade dos sofrimentos quando o que prevalece no ser é a cor ,o amor, a esperança.
      Nada se dissipa se o que se cultiva é crença em dias melhores.
      Assim, ludicamente, o texto nos põe para acreditar que ao termos humor, crença no futuro, a vida que ,por vezes se apresenta pesada, renova-se na cor , na beleza de nossos jardins interiores, que, segundo o texto, estão doidos para serem descobertos.
      Abramos a nossa alma com para o colorido da vida!!

      Curtido por 1 pessoa

  1. Lindo poema compadre, lindo vídeo. Atualmente é necessário a calma para flores ser e sentir, calma com o outro, calma com o tempo….

    “Calma para florescer”

    Curtido por 1 pessoa

    • Olá Geraldo… Desde a primeira vez que assisti a este vídeo, eu sabia que precisava encontrar uma maneira de levá-lo para a sala de aula… As imagens não me deixaram dúvidas: pela poesia em nome da perseverança, da solidariedade, persistência, dedicação, cuidado… Enfim, virtudes tão ausentes nas práticas humanas… Obrigado meu caro, por acrescentar mais esta ideia do cultivo, que, aliás, tem a mesma origem de cuidado.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s