EM NOME DA VIDA (SONETO II- FEVEREIRO ROXO)

A ‘Estação Fevereiro’, tem duas cores (roxo e laranja) e nos convida a quatro reflexões (Fibromialgia, Lúpus, Mal de Alzheimer e Leucemia). Fiz dois sonetos. Comecemos pelo Fevereiro Roxo. Que este singelo Soneto seja uma pequena contribuição para nossa conscientização

O ‘trem da vida’ chega à segunda estação:

No Brasil, é tempo de muita festa e alegria;

Fevereiro Roxo: convite à conscientização:

Cuidado: Alzheimer, Lúpus e Fibromialgia!

 

O ‘trem’ precisa de uma pausa na agitação!

Em comum: são doenças que não tem cura,

No país, o Alzheimer atinge mais de milhão,

Não é frescura e muito menos uma loucura!

 

Nesta estação sobre o Lúpus devemos falar:

Silenciosa, ela causa dores nas articulações,

Febre e manchas oriundas da radiação solar!

 

Antes de partir, também é necessário lembrar:

Além de provocar dor muscular e nos tendões,

A Fibromialgia acarreta depressão e mal estar…

ESTEVAMATIAZZI

 

 

 

Anúncios

2 comentários em “EM NOME DA VIDA (SONETO II- FEVEREIRO ROXO)

  1. Muitas vezes não tomamos conhecimento de certos de tipos de doença, e como preveni-las. penso que a melhor forma de combater as doenças é a prevenção. belo soneto mestre e amigo Estevam um abraço do poeta Carvoeiro.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Apenas uma pequena contribuição para ajudar na conscientização. Paz e Bem Poeta Carvoeiro…

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close