VIVER É (SABER)… TORCER…

Lágrimas (de alegria ou de tristeza); expressões (espontâneas ou para as câmeras)… Torcer é (saber) viver… Toda vez que sinto Emmanuel se mexer no ventre de minha esposa, mais me convenço que durante toda a vida: viver é (saber)… torcer…

Antes mesmo de um feto ser

Antes mesmo de desenvolver

Antes mesmo de sequer saber

Viver é saber se con-torcer…

Correr no escuro para vencer…

Ter a chance de um dia nascer…

 

No ventre materno a se mexer

No pequeno mundo a se mover

No tempo lento a transcorrer

Viver é saber se re-torcer…

Requerer mais espaço sem dizer…

Antever outra vida antes de nascer…

 

Antes mesmo de um adulto ser

Antes mesmo de consciência ter

Antes mesmo de se autoconhecer

Viver é saber quando es-torcer…

Crescer, se virar quando perder…

Reerguer a cabeça sem esmorecer…

 

No ventre da terra mãe amadurecer

No imenso mundo a nos acolher

No tempo rápido a nos em-vê-lê-ser

Viver é saber a vida não dis-torcer…

Sofrer sem deixar de se fortalecer

Torcer é todo dia saber a vida tecer…

ESTEVAM, JG.

Anúncios

19 comentários

  1. Simplesmente lindo Estevam. Aí vai um recado para a Sophia e Emanuel. Ter um pai poeta é sempre um previlegio, pois vcs terão a vida contada e encantada a cada passo seguido. Abcs.

    Curtido por 1 pessoa

    • Exatamente isto que me inspirou…quantas formas de torcer que temos durante nosso viver…. e quase sempre, ficamos apenas no dis-torcer da realidade…obrigado por sua presença amiga e sempre a contribuir com meus ensaios po-éticos…

      Curtido por 1 pessoa

  2. Que lindo, Estevam! Emmanuel será muito iluminado e que nome lindo e significativo! Parabéns para você e sua esposa por este presente de Deus. Abraços. Fraternos.

    Curtido por 1 pessoa

    • Como já sabes, é uma homenagem a Emmanuel Lévinas… Minha filha homenageie a Sabedoria (Sofia) e agora meu filho, um filósofo que representa a Sabedoria no Amor de Deus conosco… obrigado G., pela presença, pelo comentário e pelas felicitações. Paz e Bem!

      Curtido por 1 pessoa

    • Este poema foi escrito em meio a muitas dúvidas sobre o que escrever…algo gritava dentro de mim ao sentir o Emmanuel se con-torcendo e crescendo no ventre da Nina… e a Sofia tor-cendo em frente à TV numa partida de futebol… saiu…a repercussão tem sido tão bacana…realmente é dom de Deus…

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s