O ‘SER’ DAS MÃES

Mães são anjos de Deus na terra… a todas as mamães meu carinho poético…

As mães são estrelas…

No coração divino gestadas

Na terra por Deus colocadas

Aos filhos sempre dedicadas

De Deus são centelhas…

 

As mães são ternas…

No vigor sempre cuidadosas

Na ternura sempre vigorosas

Aos filhos sempre amorosas

Como Deus maternas…

 

As mães são amores…

No ventre sentem chutes indolores

Na vida amam até sentindo dores

Aos filhos ocultam seus dissabores

De Deus repassam valores…

 

As mães são mulheres…

No tempo jamais envelhecem

Na labuta jamais arrefecem

Os filhos jamais esquecem

De Deus as bênçãos merecem

 

As mães são vidas…

No parto choram de felicidade

Na tristeza quanta sensibilidade

Aos filhos doam-se de verdade

Por Deus sejam protegidas…                                                                                            

 

As mães são divinas…

No sono estão sempre em vigília

Na razão anulam-se pela família,

Para Deus elevam preces todo dia

Querem os filhos sempre em suas retinas…

 

ESTEVAM MATIAZZI-10 DE MAIO DE 2020

Ouçam na voz de Ana Vilela a adaptação feita da música Trem Bala em homenagem às mães…

 

 

22 comentários

  1. Ser mãe é uma graça que nenhum homem poderá jamais sentir o que é. Poderá avaliar, mas sentir, jamais. Benditas sejam todas as mães, cada uma a seu modo. Abraço.

    Curtido por 1 pessoa

    • Disse tudo, Odonir… Cada vez mais entendo suas palavras… Na vida de minha avó ainda viva, de minha mãe,d e minha sogra e de minha esposa…. Mas, mais ainda de minha esposa, no cuidado que ela destina à Sofia e ao Emmanuel…

      Curtido por 1 pessoa

  2. Mãe precursora da vida,
    presença de Deus na terra;
    essência do amor. Parabéns
    pelo poema, parabéns.
    A Nina meus parabéns pelo dias das mães. paz e bem!

    Curtido por 1 pessoa

  3. As mães são motivação poética sempre.Desde os primórdios da humanidade, a figura materna aparece no traçado daqueles que elas geraram com o dom da palavra poética.
    Eu , particularmente, senti- me privilegiada de ler tão delicada homenagem às mães.
    Como mãe, vi ,no texto, a necessidade de ser essa mãe cantada na obra do Estevam.
    Fiquei imaginando o orgulho de mães e esposas que são as motivações para tão suave mensagem de amor.
    O nosso bardo nos aproxima da divindade,todavia divinas são palavras bordadas por mãos amorosas e empáticas que sabem flechar o coração da gente .
    Eu garanto que a figura materna em muito ficou gratificada pela generosidade do poeta ao verter seu olhar divinizado sobre a terra fecunda da maternidade.
    O texto do Estevam é uma declaração de amor a todas que amamos os filhos .
    Que lindo, poeta!!

    Curtido por 1 pessoa

    • Ouço sempre de alunos e alunas que Márcia é afetuosa e terna como um mãe que pega o pequeno filho no colo para aconchegá-lo e protegê-lo em seu seio maternal… #Gratidão, Márcia.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s