EM NOME DA PAZ… (SONETO II- A COMUNIDADE DE CLARA)

Em plena Idade Média marcada pela hierarquia,

Clara de Assis assumiu sua condição de serva,

Ao abraçar a regra das cistercienses sem reserva,

E junto às suas irmãs viver como Francisco vivia…

 

Para conservarem o amor e a paz da vida fraterna,

Acolheram a pobreza evangélica com toda alegria,

Sem serventes, quartos especiais, ou outra regalia,

Depositaram toda fé e a esperança na vida eterna…

 

As Clarissas tornaram-se uma autêntica família,

Uma fraternidade fundada em relações afetuosas,

Entre elas nenhuma distinção social prevalecia…

 

Fora dos muros de Assis, a paz não era garantia,

Mas, Clara e sua comunidade de irmãs fervorosas,

Mantinham o coração seguro, pois Deus as protegia…

ESTEVAM MATIAZZI- OUTUBRO DE 2019

9 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s