O ‘SER’ DAS ROSAS

Nasci e cresci em Barbacena, Cidade das Rosas… dos 7 aos 14 anos trabalhei numa chácara com quase 100 mil roseiras… muito de minha inspiração poética vem desta época…

As rosas são belas,

Nos campos plantadas,

Nos quadros pintadas,

Cultivadas, admiradas,

Na vida real, nas telas.

As rosas são ternas,

Brancas ou amarelas,

Puras e inocentes;

Claras e transparentes;

Azuis transcendentes.

As rosas são amores,

De loucos sonhadores,

Platônicos apaixonantes;

Aromas inebriantes,

Espinhos perfurantes.

As rosas são cores,

Cor-de-rosa, sônia,

Expressões sábias,

De quem ama, sonha

Desde a tenra infância.

As rosas são flores,

Diferenciadas pétalas,

Únicas e diversas;

Compostas por sépalas,

Verde vida das folhas.

As rosas são perfumes,

Não falam, mas exalam,

Amor e até ciúmes;

Assim dizia o queixume

Do clássico, Cartola.

As rosas são mulheres,

Nomes simples, célebres,

Femininamente férteis;

Sensivelmente frágeis,

Mas, fortemente amáveis.

As rosas são vidas,

Nos partos, matrimônios,

Fazem as boas-vindas;

Nas mortes: feridas,

Amenizam as partidas.

  As rosas são divinas,

Alegres, sempre lindas;

Paixões rouge ou régias,

Cor do vinho, vermelhas,

Aproximam-nos das estrelas.

ESTEVAM MATIAZZI- 14 DE AGOSTO DE 2018

Publicidade

9 comentários

  1. As rosas não falavam até o dia em que o Estevam fez esse poema.
    Na poesia de hoje, por meio da personificação, as rosas falam têm vida e autonomia.
    Devo confessar que rosas não são as minhas diletas flores; gosto de flores do campo. Amo as margaridas.
    Hoje, ao ler esse texto de um barbacenense, tive a certeza de que para eles não há flor mais bela no mundo, pois elas até falam, recitam, acompanham os momentos solenes da vida…
    Ou seria a inspiração poética que tudo sabe e em tudo põe beleza?
    Nas despedidas, o cheiro da rosa persegue o meu olfato sentimental, todavia, ao ler esse verso:”nas mortes: feridas, amenizam as partidas, fiquei parada e entendendo a real função da rainha das flores.
    As rosas são a certeza de que a vida prossegue,mesmo que a dor esteja latejando em nosso caminho, a vida prossegue com mais leveza, com maior divindade.

    Curtido por 1 pessoa

    • Para quem encontrou o amor no entono de Barbacena, as rosas já lhe disseram muito mais do que seus ouvidos conseguiram ouvir… Seu coração não foi flechado por cupido, mas, sim pelo vermelho régio das rosas barbacenenses que imitam os corações que pulsam vida e amor…

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s